Portal de Conferências da UnB, 2º Congresso UnB de Contabilidade e Governança - 2nd UnB Conference on Accounting and Governance

Tamanho da fonte: 
Associação entre o Disclosure Ambiental Via Redes Sociais e Características Econômico-Financeiras de Empresas Brasileiras: Uma Análise nas Plataformas Twitter® e Facebook®
Dante Baiardo Cavalcante Viana Junior

Última alteração: 2016-11-15

Resumo


A constante evolução da internet tem levado as empresas a considerar outras estratégias de comunicação que são mais flexíveis do que a mídia tradicional, que lhes permitam chegar a mais amplas audiências, atingindo, dessa forma, diferentes grupos de stakeholders. Diante da ascensão, por parte das organizações, do uso de mídias sociais, e da crescente conscientização sobre as questões ambientais, o presente estudo investigou a relação entre a divulgação ambiental nas redes sociais Twitter e Facebook e características econômico-financeiras das firmas brasileiras. A amostra incluiu 40 firmas pertencentes ao índice IBrX-100, da BM&FBovespa. Utilizou-se duas variáveis dependentes, uma relacionada ao percentual de mensagens ambientais divulgadas no Twitter (TW_AMB) e outra ao percentual de mensagens de cunho ambiental divulgadas no Facebook (POST_AMB). Com base na literatura, seis variáveis econômico-financeiras foram selecionadas, a saber: tamanho, receita, valor de mercado, rentabilidade e endividamento. Todos os dados tomaram como parâmetro o ano de 2014. Os resultados apontaram, em média, um maior número de mensagens ambientais divulgadas pelas firmas no Facebook do que no Twitter. Por meio de coeficientes de correlação e Análise de Correspondência, apresentam-se indícios de que empresas maiores e com menor valor de mercado divulgam mais informações de caráter ambiental no Twitter e no Facebook.


Palavras-chave


Redes Sociais; Disclosure; Responsabilidade ambiental.

Texto completo: PDF